Esporte

Bahia e Santos já duelaram 64 vezes e se enfrentam novamente neste fim de semana

Publicados

em


Santos e Bahia já se enfrentaram 64 vezes ao longo da história. Em 32 jogos o Peixe saiu vitorioso, e o Bahia em outras 19 partidas, além de 13 empates. O time santista marcou 129 gols e o clube baiano 83.

Em partidas pelo Campeonato Brasileiro as equipes já duelaram em 48 oportunidades. O Santos venceu 24 vezes, o Bahia 15 e nove empates completam as estatísticas. O Alvinegro balançou as redes adversárias 91 vezes, enquanto o Bahia outras 54.

Na Vila Belmiro, o confronto já ocorreu 19 vezes. O Peixe venceu em seus domínios 12 jogos, perdeu seis vezes e houve ainda um empate. O Santos assinalou 40 gols e tomou outros 21.

Histórico de decisões

O confronto entre Santos e Bahia já decidiu o Campeonato Brasileiro três vezes. Inclusive, a primeira decisão do campeonato nacional foi decidida pelas duas equipes, em 1959. Na ocasião, o time baiano sagrou-se campeão, e o Alvinegro da Vila deu o troco em 1961 e 1963.

Em 1959 foi preciso três jogos para decidir o campeão, e no ano de 1963, as finais foram disputadas no começo de 1964. Abaixo, confira a sequência dos jogos:

  Santos FC enfrenta LDU nas oitavas de final da Conmebol Libertadores

Leia Também:  Furacão inicia preparação para mais um duelo decisivo na Copa do Brasil

1959
10/12/1959 – Santos 2 x 3 Bahia – Vila Belmiro
30/12/1959 – Santos 2 x 0 Bahia – Fonte Nova
29/03/1960 – Santos 1 x 3 Bahia – Maracanã

1961
22/12/1961 – Santos 1 x 1 Bahia – Fonte Nova
27/12/1961 – Santos 5 x 1 Bahia – Vila Belmiro

1963
25/01/1964 – Santos 6 x 0 Bahia – Pacaembu
28/01/1964 – Santos 2 x 0 Bahia – Fonte Nova

Primeira partida no Brasileiro – 10/12/1959 – Santos 2 x 3 Bahia – Vila Belmiro – Gols: Pelé e Pepe

Última partida no Brasileiro – 31/10/2019 – Santos 1 x 0 Bahia – Vila Belmiro – Gol: Carlos Sánchez

Artilheiros santistas no confronto:
15 gols – Pelé
08 gols – Coutinho
07 gols – Toninho Guerreiro
06 gols – Viola

Artilheiros santistas no confronto pelo Brasileiro:
13 gols – Pelé
06 gols – Coutinho

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Roger vira a chave para nova decisão: “Precisamos jogar com autoridade”

Publicados

em


Passada uma decisão, já é hora de outra. O Fluminense já virou a página após a conquista a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil e voltou suas atenções para a partida contra o Cerro Porteño, nesta terça-feira, às 19h15, pelas oitavas de final da Libertadores. Para o técnico Roger Machado, o time precisa ter inteligência para entender as nuances da partida, já que o Tricolor tem uma vantagem obtida na vitória por 2 a 0 no jogo de ida do confronto, em Assunção, no Paraguai.

“É buscar o fôlego de novo depois da decisão na Copa do Brasil, em que precisávamos reverter uma vantagem e conseguimos dentro da nossa casa. Agora é focar no jogo da Libertadores e saber que a gente tem a vantagem. É preciso saber jogar com a vantagem, mas não pela vantagem. Há uma diferença grande e isso é importante. Precisamos jogar com autoridade, pois estamos dentro de casa, para que as coisas corram bem para conseguirmos essa vaga”, opinou o treinador.

Prestes a entrar no terceiro jogo de mata-mata consecutivo, Roger falou também como tem trabalhado junto ao elenco a parte psicológica, já que jogos eliminatórios costumas exigir ainda mais mentalmente dos jogadores. Para o treinador, embora atletas profissionais estejam habituados a este tipo de situação, é preciso saber dosar as emoções.

  Fred alcança marca de 180 gols pelo Fluminense

Leia Também:  Ponte empata, conquista ponto importante contra o quarto colocado e sai do Z4

“O atleta de alto rendimento, no geral, está preparado para esses momentos. Tivemos um curto espaço de recuperação entre os jogos e isso faz com que a gente tenha uma atenção redobrada. Temos que ter aqueles minutos de satisfação depois de uma conquista, como foi a vaga na Copa do Brasil, mas tão logo no outro dia, a partir do início do treino, já devemos começar a projetar e encher novamente os tubos para o próximo jogo decisivo, para que a gente não dê margem para que o adversário ganhe campo no jogo”, comentou.

Após vencer o jogo de ida por 2 a 0, em Assunção, no Paraguai, o Fluminense poderá até perder por um gol de diferença que ainda assim garante a classificação para as quartas de final da Libertadores, para enfrentar o Barcelona de Guayaquil, do Equador.

Foto: Mailson Santana/FFC
Texto: Comunicação/FFC

Seja Sócio e receba conteúdos exclusivos, além de ter descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

Leia Também:  Renato Augusto faz primeiro treino com o grupo

Fonte: https://www.fluminense.com.br/noticia/roger-vira-a-chave-para-nova-decisao-precisamos-jogar-com-autoridade

COMENTE ABAIXO:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA