Economia

Auxílio emergencial: veja quem recebe até R$ 375 neste domingo

Publicados

em


source
Os valores do auxílio 2021 correspondem a R$ 150 (para quem mora sozinho), R$ 250 (para famílias com dois ou mais integrantes) e R$ 375 (para mães chefes de família)
Sophia Bernardes

Os valores do auxílio 2021 correspondem a R$ 150 (para quem mora sozinho), R$ 250 (para famílias com dois ou mais integrantes) e R$ 375 (para mães chefes de família)

Neste domingo (26), a  sexta parcela do auxílio emergencial 2021 será depositada para os trabalhadores nascidos em junho sem direito ao Bolsa Família. A quantia será creditada em contas poupanças sociais digitais pela Caixa Econômica Federal. O saque, porém, somente estará liberado no dia 6 de outubro, conforme o calendário abaixo.

Até lá, o dinheiro poderá ser movimentado pelo Caixa Tem. O app permite o pagamento de boletos (como contas de água, luz, gás e telefone) e de compras feitas em farmácias, supermercados e lojas (via cartão virtual gerado na hora ou QR Code).

Os valores do auxílio 2021 correspondem a R$ 150 (para quem mora sozinho), R$ 250 (para famílias com dois ou mais integrantes) e R$ 375 (para mães chefes de família).

CALENDÁRIO DA SEXTA PARCELA – TRABALHADORES EM GERAL

Datas de depósito

  • Nascidos em janeiro – 21 de setembro
  • Nascidos em fevereiro – 22 de setembro
  • Nascidos em março – 23 de setembro
  • Nascidos em abril – 24 de setembro
  • Nascidos em maio – 25 de setembro
  • Nascidos em junho – 26 de setembro
  • Nascidos em julho – 28 de setembro
  • Nascidos em agosto – 29 de setembro
  • Nascidos em setembro – 30 de setembro
  • Nascidos em outubro – 1º de outubro
  • Nascidos em novembro – 2 de outubro
  • Nascidos em dezembro – 3 de outubro.
Leia Também:  Auxílio emergencial: última parcela começa a ser paga amanhã; veja quem recebe

Datas de saque

  • Nascidos em janeiro – 4 de outubro
  • Nascidos em fevereiro – 5 de outubro
  • Nascidos em março – 5 de outubro
  • Nascidos em abril – 6 de outubro
  • Nascidos em maio – 8 de outubro
  • Nascidos em junho – 11 de outubro
  • Nascidos em julho – 13 de outubro
  • Nascidos em agosto – 14 de outubro
  • Nascidos em setembro – 15 de outubro
  • Nascidos em outubro – 18 de outubro
  • Nascidos em novembro – 19 de outubro
  • Nascidos em dezembro – 19 de outubro.

Bolsa Família

Os beneficiários do Bolsa Família com Número de Identificação Social (NIS) de final 6 também terão o depósito da sexta parcela nesta sexta-feira, mas neste caso o saque já estará liberado em agências da Caixa, casas lotéricas ou correspondentes bancários.

Vale reforçar que os beneficiários do programa de transferência de renda têm direito ao pagamento de maior valor: o auxílio emergencial ou o benefício social anterior, o que for mais vantajoso.

Os pagamentos do Bolsa Família referentes a esse mês serão feitos até o dia 30, para um grupo de beneficiários por dia. Os últimos a sacar serão os que têm NIS de final 0. Veja abaixo.

Leia Também:  Aposta de Santos (SP) acerta as seis dezenas e ganha R$ 11 milhões

Passo a passo para retirada

1) Para trabalhadores com ou sem Bolsa Família, para sacar o dinheiro, é preciso fazer o login no app Caixa Tem, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”.

2) Depois, basta inserir a senha para ter acesso ao código de saque na tela do celular, o qual tem validade de uma hora e deve ser informado nas agências, nas unidades lotéricas ou nos correspondentes Caixa Aqui.

Somente no caso de quem tem Bolsa Família, os recursos também podem ser sacados por meio do Cartão Bolsa Família ou do Cartão Cidadão.

CALENDÁRIO DA SEXTA PARCELA – BOLSA FAMÍLIA

  1. NIS de final 1 – 17 de setembro
  2. NIS de final 2 – 20 de setembro
  3. NIS de final 3 – 21 de setembro
  4. NIS de final 4 – 22 de setembro
  5. NIS de final 5 – 23 de setembro
  6. NIS de final 6 – 24 de setembro
  7. NIS de final 7 – 27 de setembro
  8. NIS de final 8 – 28 de setembro
  9. NIS de final 9 – 29 de setembro
  10. NIS de final 0 – 30 de setembro.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Caminhoneiros prometem greve em novembro se governo não baixar preço do diesel

Publicados

em


source
Caminhoneiros prometem greve em novembro se governo não baixar preço do diesel
Reprodução/CNN

Caminhoneiros prometem greve em novembro se governo não baixar preço do diesel

Alguns  grupos de caminhoneiros prometeram, após reunião no Rio de Janeiro, uma nova paralisação a partir de 1º de novembro caso suas reivindicações não sejam atendidas pelo governo federal, entre umas das principais está a queda do preço do diesel. No encontro, associações de motoristas decidiram declarar “estado de greve” de 15 dias caso as reinvidicações não sejam ouvidas. As informações foram publicadas pelo ‘portal uol’.

Além da reivindicação para diminuir o preço do diesel, os caminhoneiros reivindicam também a “defesa da constitucionalidade do Piso Mínimo de Frete” e o retorno da aposentadoria especial após 25 anos de contribuição ao INSS.

“Ficou decidido que vamos dar 15 dias para o governo responder”, declarou Luciano Santos Carvalho, do Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens da Baixada Santista e Vale do Ribeira.

“Se não houver resposta de forma concreta em cima dos direitos do caminhoneiro autônomo, dia 1º de novembro, Brasil todo parado aí”, completou, em um vídeo feito após a reunião no Rio e que já circula pelas redes sociais.

A greve não é apoiada pela Abcam (Associação Brasileira dos Caminhoneiros). Os grupos de caminhoneiros autônomos têm ensaiado novas paralisações desde o primeiro semestre, em meio a reivindicações de direitos para os motoristas independentes e diminuição do preço do diesel.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA