Política Nacional

Aras e Moraes terão 24h para se pronunciarem sobre habeas corpus de Weintraub

Publicados

em


source
Aras Moraes Fachin Weintraub
Agência Brasil e STF

Augusto Aras, à esquerda, e Alexandre de Moraes, à direita

Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Edson Fachin solicitou, nesta quinta-feira (28), que o ministro do STF Alexandre de Moraes e o Procurador-Geral da República, Augusto Aras, se manifestem em até 24h sobre o  pedido de habeas corpus preventivo para o ministro da Educação Abraham Weintraub .

Leia também: Weintraub pode responder criminalmente por ataques ao STF em vídeo de reunião

Na noite desta quarta (27), o ministro da Justiça, André Mendonça, enviou o pedido para o STF. A ação ocorreu após o ministro do STF Alexandre de Moraes ter requisitado, na terça (26), que Weintraub preste depoimento em até cinco dias sobre as falas que fez contra a corte na reunião com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que teve suas gravações divulgadas na última sexta-feira (22).

No vídeo da reunião, que ocorreu em 22 de abril, Weintraub afirma “eu por mim, colocava todos os vagabundos na cadeia , começando pelo STF [Supremo Tribunal Federal]”.

Leia Também:  Cidade brasileira aprova 100% de aumento no salário de prefeito e vice

O pedido de habeas corpus para Weintraub visa suspender o depoimento e impedir que ele seja preso ou sofra alguma medida cautelar caso se recuse a testemunhar.

Leia também: Veja frases mais impactantes do vídeo da reunião de Bolsonaro

Veja o despacho completo de Fachin  para Aras e Alexandre de Moraes

“Tendo em vista a relevância da matéria, oficie-se à autoridade coatora, Ministro Alexandre de Moraes, relator do Inquérito n.o 4.781, a fim de que apresente as informações que entender pertinentes, e, abra-se vista à Procuradoria-Geral da República, para se manifestar no prazo de até 24 horas”, escreveu o ministro sobre o habeas corpus de Weintraub .

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política Nacional

Avó de Michelle Bolsonaro testa positivo para a Covid-19

Publicados

em


source
Primeira-dama Michelle Bolsonaro
Carolina Antunes/PR

Primeira-dama Michelle Bolsonaro

A avó da primeira-dama Michelle Bolsonaro , mulher do presidente J air Bolsonaro (sem partido), testou positivo para a Covid-19 nesta sexta-feira (3). Com 80 anos, Maria Aparecida Firmo Ferreira faz parte do grupo de risco de contaminação pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) e está com 78% dos pulmões comprometidos. As informações são do jornal Metrópoles .

Nesta quinta, Ferreira foi atendida já com suspeita de contaminação . Ela está internada em um box de pronto atendimento do Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) e aguarda um leito na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ainda de acordo com o Metrópoles , a idosa apresenta quadro de pneumonia e comorbidades, como problemas cardíacos e hipotiroidismo.

Apesar da situação preocupante, a avó da primeira-dama apresenta quadro estável e tem respondido bem às medicações. No entanto, ela ainda faz uso de máscara respiratória para ter mais conforto respiratório.

Leia Também:  PDT aciona STF para barrar veto de Bolsonaro sobre uso de máscaras

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA