Política Nacional

Após criticar Lira, Lula diz que não interfere na eleição da Câmara

Publicado em

Lula muda tom em relação a Lira e diz que não interfere na eleição a presidente da Câmara
Reproducao: Youtube

Lula muda tom em relação a Lira e diz que não interfere na eleição a presidente da Câmara

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), candidato à presidência da República, mudou o tom em relação ao deputado Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados.

Após criticar o parlamentar pelo excesso de poder no Congresso Nacional, Lula afirmou que não vai se meter na futura eleição do cargo. A declaração foi feita durante sabatina ao site UOL.

“Não é o presidente da Câmara que precisa do presidente da república, é o contrário. Não podemos achar que tem de se meter na eleição do presidente da câmara”, disse Lula.

Em maio deste ano, Lula dissera, em discurso no Sindicato dos Metalúrgicos em São Paulo, que o parlamentar tem um “poder imperial” no Congresso Nacional:

“Ele (Arthur Lira) já está querendo criar o semi presidencialismo, ele já quer tirar o poder do presidente para que o poder fique na Câmara dos Deputados. Ele age como se fosse o imperador do Japão.”

Leia Também:  Eleições: criticada, taxa de acerto de pesquisas é analisada no Senado

Lula, no entanto, manteve a crítica geral ao orçamento secreto aprovado no Congresso.

“É excrescência da política brasileira. O relator tem mais poder do que um ministro do que o presidente. Acontece agora por que o presidente é uma marionete e não tem força sobre o Congresso Nacional”, afirmou.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Política Nacional

Resultado das eleições não preocupa, diz Augusto Aras

Published

on

Resultado das eleições não preocupa, diz Augusto Aras
José Cruz/Agência Brasil – 01/10/2019

Resultado das eleições não preocupa, diz Augusto Aras

O procurador-geral da República,  Augusto Aras, publicou um vídeo, nesta segunda-feira (15), em que diz não estar preocupado com a possibilidade do presidente Jair Bolsonaro (PL) contestar o resultado das eleições. Segundo o PGR, “quem ganhou a eleição, vai tomar posse”.

“O que nós vamos fazer? A institucionalidade em 1º de janeiro é aquela própria de quem ganhou a eleição. Quem ganhou a eleição, vai tomar posse. É o que nós esperamos (…) De qualquer forma, dentro de clima de normalidade democrática, que eu acredito que nós teremos em qualquer situação, não nos preocupa o que ira acontecer porque as instituições brasileiras, todas elas, estão comprometidas com o processo democrático do país”, afirmou Aras. Ele divulgou o trecho de uma entrevista que concedeu a jornalistas de veículos de mídia internacional no dia 9 de agosto.

Segundo Aras, caso Bolsonaro se recuse a passar a faixa para o novo presidente eleito, a posse será realizada pelo Congresso Nacional. O procurador-geral reiterou que as instituições brasileiras estão comprometidas com o processo democrático.

“Nem quero crer que após 1º de janeiro, se o presidente não lograr êxito na reeleição, nem ele permaneça no Palácio do Planalto ou da Alvorada porque isso seria uma afronta a democracia”, afirmou.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA