Esporte

Após cancelamento de maratona, corredor propõe “desafio solidário”

Publicados

em


.

A pandemia da covid-19 forçou o adiamento da Maratona de Porto Alegre, que seria neste domingo (31), para novembro. Mas, pelo menos um corredor vai fazer questão de conquistar os 42.195 metros do percurso. É o professor de educação física Francisco Ferrari, de Guaíba (RS).

Para arrecadar alimentos que serão doados às comunidades mais carentes da cidade dele (localizada a aproximadamente 30 quilômetros de Porto Alegre), Ferrari vai correr em uma esteira a distância total da prova e na data original do evento – às 7h de domingo (31). “A Maratona é uma prova muito tradicional do nosso estado. Por isso achei mais legal manter o horário e a data. Mas vou correr os 42km na esteira. Tudo vai ser transmitido pelas redes sociais e a proposta é que as pessoas que estiverem me acompanhando, além de mandar aquela energia positiva, façam também doações no valor que puderem para entidades assistenciais da nossa região.”

Ferrari batizou o evento como Desafio Solidário 42 km na Esteira. “Claro que correr na esteira não é a mesma coisa que correr nas ruas. Não é o ideal para o corredor que está acostumado a locais abertos. Mas é tudo por uma boa causa.”

Leia Também:  Com restrições, Centro de Desenvolvimento do Atletismo reabre

“É nesse momento de isolamento social, que muitas pessoas estão passando necessidades, ainda mais aqui na Região Sul do Brasil, com a chegada do Inverno, que toda ajuda é extremamente bem-vinda. As pessoas podem colaborar sem sair de casa. Os recursos arrecadados serão convertidos em alimentos, material de higiene e máscaras, que serão entregues a 22 entidades cadastradas que seguem fazendo o trabalho junto às comunidades mais carentes da região metropolitana de Porto Alegre”.

A live será transmitida na página do Instagram do personal trainer.

Interessados em realizar doações podem ser realizar depósitos na Conta do Banco de Alimentos de Guaíba:
CNPJ: 08195832/0001-12
Banco: 748 – Sicredi
Ag: 155 Conta: 97862-0
Tipo de conta: Simples

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Bucks e Kings fecham instalações após testes positivos por covid-19

Publicados

em


.

O Milwaukee Bucks e o Sacramento Kings fecharam suas instalações após membros de suas equipes testarem positivo para o novo coronavírus (covid-19), anunciaram as equipes da NBA (liga de basquete profissional dos Estados Unidos) nesta segunda (6).

A expectativa é que as equipes da NBA viajem para Orlando, Flórida, nesta semana para reiniciarem a temporada, que foi suspensa em março por causa da pandemia do novo coronavírus. O plano é que os jogadores fiquem isolados na Walt Disney World, sede do restante da competição.

Um porta-voz do Bucks confirmou que a equipe fechou suas instalações após receber os resultados dos testes na última sexta, mas se recusou a dar mais informações. A primeira partida da equipe na Flórida está marcada para 23 de julho contra o San Antonio Spurs.

Um membro do grupo do Kings também apresentou resultados positivos, levando ao fechamento do centro de treinamento da equipe. Um porta-voz disse que a equipe ainda planeja viajar para Orlando esta semana. Seu primeiro jogo é em 22 de julho.

Leia Também:  Valtteri Bottas vence GP da Áustria na abertura da Fórmula 1

O Denver Nuggets e o Brooklyn Nets também fecharam seus centros de treinamento após jogadores testarem positivo no mês passado.

A NBA anunciou na última semana que um total de 25 jogadores e 10 funcionários já testaram positivo para covid-19 desde 23 de junho, data na qual os testes começaram.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA