Estado

Apiacá e Alfredo Chaves recebem investimentos do Programa Caminhos do Campo

Publicados

em


O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), publicou o edital para dar início às obras do Programa “Caminhos do Campo” nos municípios de Apiacá e Alfredo Chaves. O anúncio foi feito pelo governador Renato Casagrande e pelo secretário de Estado da Agricultura, Paulo Foletto, por meio de vídeos publicados nas redes sociais. O investimento ultrapassa R$ 16 milhões em obras de pavimentação rural.

Ao todo, serão 16 quilômetros que irão auxiliar a escoar a produção da agricultura local. As obras serão realizadas no trecho que liga a comunidade de Santa Fé com o entroncamento em Bom Sucesso/Taquaraçu, em Apiacá e no trecho que liga a Rodovia ES-383 em Matilde à Carolina, em Alfredo Chaves.

“Estamos anunciando a pavimentação de mais dois trechos dentro do Caminhos do Campo. Em nosso governo anterior, iniciamos as obras entre Santa Fé e Taquaruçu, mas depois acabaram sendo paralisadas. Agora, estamos retomando a licitação. É uma estrada importante que liga áreas com agricultura forte. Já o edital da pavimentação de Matilde até Carolina é uma demanda antiga da comunidade e que agora estamos consolidando. Seguimos investindo em infraestrutura no Espírito Santo, qualificando as localidades, trazendo desenvolvimento e gerando oportunidades aos capixabas”, disse Casagrande.

Leia Também:  Espírito Santo recebe 23.400 doses da vacina Pfizer nesta segunda-feira (10)

O subsecretário de Estado de Infraestrutura Rural, Rodrigo Vaccari, explicou que, após a publicação do edital, o próximo passo é a abertura da licitação – prevista para o mês de maio. “A partir daí, vamos contratar a empresa para executar os serviços. São trechos importantes que irão melhorar a vida do homem e da mulher do campo, além de fomentar o desenvolvimento das regiões, garantindo também mais conforto e segurança para os usuários das vias”, afirmou.

“O Programa Caminhos do Campo contribui muito para o desenvolvimento rural, não só para dar vazão a produção agrícola, mas também como estímulo às agroindústrias, ao agronegócio e o agroturismo. Até o mês de junho, serão investidos R$ 35 milhões com a publicação de mais quatro ordens de serviço, totalizando 37 quilômetros que vão auxiliar a trafegabilidade para os veículos e facilitando a mobilidade da comunidade, especialmente, a rural”, ressaltou o secretário de Estado da Agricultura, Paulo Foletto.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Giovani Pagotto
(27) 98895-0843

Assessoria de Comunicação da Seag
Vanessa Capucho / Camila Borges
(27) 3636-3700 / 98860-6838
[email protected]

Leia Também:  Sistema Transcol inicia operação das linhas alimentadoras de Vitória
Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Vacinação contra Influenza para idosos e professores tem início nesta terça-feira (11)

Publicados

em


A segunda etapa da 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza tem início, nesta terça-feira (11), no Espírito Santo. Para esta fase, idosos acima dos 60 anos e professores das Redes Estadual, municipais e privada poderão ser imunizados. Ao todo, a expectativa é que cerca de 650 mil capixabas da população-alvo sejam vacinados, com estimativa populacional, segundo o Ministério da Saúde, de 592.792 idosos acima de 60 anos e 51.171 professores.

Devido à concomitância das ações de vacinação de Influenza e de Covid-19, a orientação é que seja feita primeiramente à aplicação da vacina Covid-19. Além disso, ao público contemplado em ambas campanhas, como é o caso dos professores e idosos, é preciso se atentar ao intervalo de aplicação entre as doses: precisa-se respeitar o intervalo mínimo de 14 dias.

A previsão, segundo o Ministério da Saúde, é que a segunda etapa se encerre no dia 08 de junho. A terceira e última etapa terá início no dia 09 de junho e se estendendo até 09 de julho, e irá contemplar pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; pessoas com deficiência permanente; forças de segurança e salvamento; forças armadas; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade que cumprem medidas socioeducativas; e população privada de liberdade.

Leia Também:  Escola de Nova Venécia incentiva estudantes a não desistirem de projetos de vida durante pandemia

Continuidade da primeira etapa Influenza

A 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza teve início no dia 12 de abril com a imunização, para a primeira etapa, do público de crianças de seis meses a cinco anos, gestantes e puérperas, indígenas e trabalhadores da saúde.

Devido à baixa cobertura dos públicos contemplados nesta fase, o Ministério da Saúde orientou aos estados que deem continuidade à aplicação até alcançarem a meta preconizada de 90% de cobertura vacinal.

Segundo dados do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações, o Espírito Santo aplicou 184.800 doses da Influenza até a manhã desta segunda-feira (10). Além disso, de acordo com dados do LocalizaSUS, a cobertura vacinal para este público é de: 44% para crianças; 40,5% para gestantes; 48,3% para puérperas; 20,8% trabalhadores da saúde; e 84,1% indígenas.

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sesa
SyriaLuppi / Kárita Iana / Paula Lima / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes
[email protected]

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA