Tecnologia

Amazon processa grupos do Facebook por revisões negativas de produtos

Publicado em

Amazon processa grupos de Facebook por revisões falsas em troca de dinheiro ou produtos
Ivonete Dainese

Amazon processa grupos de Facebook por revisões falsas em troca de dinheiro ou produtos

Amazon entrou com uma ação legal contra os administradores de mais de 10.000 grupos do Facebook que tentam orquestrar avaliações falsas na plataforma, prometendo dinheiro ou produtos gratuitos em troca de avaliações positivas. 

Os grupos são supostamente responsáveis ​​por avaliações falsas, atividade que vai contra as regras da Amazon, ocorre nas lojas on-line da empresa nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França, Itália, Espanha e Japão.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG 

Essas avaliações falsas geralmente são usadas para aumentar as classificações do produto e aumentar o interesse dos clientes por eles.

A gigante do comércio eletrônico disse que usará as informações descobertas na ação legal para identificar maus atores e remover avaliações falsas encomendadas por esses grupos de fraudadores que ainda não foram detectadas. 

Leia Também:  Facebook remove deepfake do presidente da Ucrânia se rendendo à Rússia

Os fraudadores por trás desses grupos solicitam avaliações falsas de centenas de produtos, de tripés de câmera a aparelhos de som automotivos. Um desses grupos, denominado “Amazon Product Overview”, tinha mais de 43 mil membros, até que a Meta o derrubou no início deste ano.

10 mil grupos que fazem revisões falsas

“Nossas equipes impedem milhões de avaliações suspeitas antes mesmo de serem vistas pelos clientes, e esse processo vai um passo além para descobrir criminosos que operam nas mídias sociais”, disse Dharmesh Mehta, vice-presidente de Vendas de Serviços de Parceiros da Amazon, segundo o site The Economis Times. 

Mehta acrescentou que a ação legal é uma das muitas maneiras de proteger os clientes, responsabilizando os maus atores.

A Amazon disse que proíbe estritamente avaliações falsas e que tem mais de 12 mil funcionários em todo o mundo dedicados a proteger suas lojas contra fraudes e abusos, incluindo avaliações falsas. Desde 2020, a Amazon relatou mais de 10.000 grupos de revisão falsos à Meta, dona do Facebook. 

Durante a pandemia, com os consumidores migrando para as plataformas de comércio eletrônico, houve um aumento das avaliações falsas e, consequentemente, da frustração dos clientes.

Embora a Amazon vem sido perseguida há anos por esse tipo de avaliações, a gigante do e-commerce é alvo, desde o ano passado, de uma investigação por parte do órgão regulador antitruste do Reino Unido sobre se vem fazendo o suficiente para combater as revisões falsas.

Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tecnologia

Como transferir suas playlists do Spotify para o Amazon Music

Published

on

Veja como transferir as playlists
Tecnoblog

Veja como transferir as playlists

Migrar para outro serviço de streaming não precisa ser tão trabalhoso quanto se pensa. Com ajuda de alguns sites e aplicativos, você pode fazer isso sem ter que criar todas as suas listas de novo. Veja a seguir como transferir suas playlists do Spotify para o Amazon Music sem muito esforço.

Antes de começar, é válido destacar que em qualquer um dos serviços usados para a migração, as músicas de uma plataforma podem não fazer parte do catálogo da outra. Neste caso, estas faixas serão ignoradas e não serão listadas no novo streaming.

Não é possível realizar a migração de playlists entre serviços de streaming de forma nativa, mas com a ajuda de alguns sites, como o TuneMyMusic, você conseguirá fazer de maneira fácil a mudança de plataforma, sem a necessidade de criar manualmente todas as suas listas de novo. Veja como usar:

  1. Acesse o site TuneMyMusic e crie uma conta: Faça seu registro ao clicar no botão de login, no canto superior direito;

  2. Na tela inicial, clique em “vamos começar”;

  3. Selecione a plataforma de origem de suas listas: Aqui, você escolhe a plataforma que usa atualmente, no nosso caso, o Spotify;

  4. Será necessário fazer o login;

  5. Selecione a forma de escolher a playlist: É possível abrir e selecionar diretamente ou copiar a URL da playlist;

  6. Escolha quais músicas serão migradas: Você pode escolher a playlist inteira ou apenas algumas faixas;

  7. Selecione a plataforma de destino: Escolha o serviço para o qual você irá migrar, neste caso, o Amazon Music;

  8. Também será necessário confirmar o login na nova plataforma;

  9. Clique em começar: As músicas serão transferidas e o tempo do processo depende da quantidade de músicas selecionadas.

Leia Também:  Twitter anuncia botão para postar apenas para melhores amigos

O plano gratuito permite que você transfira 500 músicas por vez. No plano Premium, que custa US$ 2 por mês no pagamento anual, é possível fazer toda a transferência de uma vez. De qualquer forma, é uma bela ajuda não precisar criar e configurar todas as listas manualmente.

Soundiiz

O Soundiiz é um site com plano gratuito para transferir suas playlists do Spotify para o Amazon Music, assim como no Tune My Music. Neste caso, a modalidade free permite que seja migrada uma lista por vez. Após fazer o login no Spotify através do site, basta selecionar uma para começar e escolher a plataforma de destino. Repita o processo para todas as suas playlists. Este serviço ainda conta com aplicativo para Android.

SongShift

O SongShift é um aplicativo para iOS que permite a migração de playlists do Spotify para o Amazon Music entre outros serviços de streaming. Para usar, basta fazer o login no serviço de origem, escolher aquela que deseja converter (assim como nos casos anteriores, o plano gratuito permite uma lista por vez), fazer o login na plataforma de destino e iniciar a transferência.

Leia Também:  Entenda como Musk pode captar R$ 21 bi que faltam para comprar Twitter

Como revogar as permissões de acesso na sua conta

Se você desistiu da ideia de transferir playlists do Spotify para o Amazon Music ou simplesmente não quer mais manter os serviços conectados, há como revogar o acesso.

Para o Tune My Music, ao entrar na sua conta, clique no canto superior direito, e então selecione “Configurações de conta”. Basta escolher os serviços conectados e clicar em “Desconectar”. Para os aplicativos, é necessário cancelar as permissões na área de permissão do aplicativo dentro do sistema operacional.

Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA