Política Nacional

Allan dos Santos é condenado por calúnia contra cineasta

Publicado em

Allan dos Santos, blogueiro bolsonarista
Alessandro Dantas/ PT no Senado

Allan dos Santos, blogueiro bolsonarista

O blogueiro bolsonarista Allan dos Santos foi condenado, nesta quarta-feira, por calúnia contra a cineasta a Estela Renner pela 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul. Allan dos Santos atribuiu à mulher o estímulo ao uso de drogas por crianças, após a diretora de cinema ter defendido a exposição Queermuseum, que aconteceu em Porto Alegre. O caso aconteceu em 2017.

O blogueiro, que na época do fato morava em Bento Gonçalves (RS), foi condenado 1 ano e 7 meses de detenção em regime inicial aberto. A decisão da Câmara Criminal foi unânime, com voto favorável dos três desembargadores, segundo documento obtido pelo GLOBO.

“Está aqui, Maria Farinha Filmes, Estella Renner. Não estou brincando. Veja com seus próprios olhos. Esses filhos da puta ficam querendo botar maconha na boca dos jovens”, disse Allan dos Santos durante uma transmissão online do programa Terça Livre.

Leia Também:  PF vincula Nelma Kodama à maior facção criminosa de SP; doleira nega

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Política Nacional

‘Trabalhei pro Bolsonaro e votei nele’, diz Elvis Cezar, do PDT

Published

on

Elvis Cezar é candidato ao governo de SP pelo PDT
Reprodução – 17.08.2022

Elvis Cezar é candidato ao governo de SP pelo PDT

O candidato ao governo do estado de São Paulo, Elvis Cezar, afirmou durante sabatina organizada pelo Estadão em parceria com a Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), nesta quarta-feira (17), que votou e trabalhou para o presidente Bolsonaro nas eleições de 2018.

“Em um primeiro momento em 2018, nós votamos contra um sistema que estava implantado no Brasil, contra o PT, todos nós votamos e votamos em massa em São Paulo. Eu fiz essa atividade, eu era do PSDB, coordenei, fui um dos coordenadores da campanha do Dória, e coordenei no segundo turno uma atuação muito forte e incisiva, trabalhei pro Bolsonaro e votei no Bolsonaro.”

Segundo Cezar, o contexto das eleições de 2018 merecia essa atitude, já que de acordo com ele era a condição mais ‘razoável’ no momento.

Questionado se teria se arrependido por ter votado em Bolsonaro em 2018, Elvis Cezar respondeu:

“Eu tenho hoje uma grande convicção, eu acho que o Brasil não merecesse votar por exceção, e eu votei por exceção naquelas eleições.”

Leia Também:  Bolsonaro critica imprensa e Congresso: "Estão me esculhambando"

Logo depois, o candidato derramou elogios ao candidato a Presidência da República também pelo PDT Ciro Gomes.


Fonte: IG Política

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA