Economia

Acidente de avião de Huck e Angélica: empresa aérea é multada e cassada

Publicados

em


source

Brasil Econômico

acidente avião
Reprodução Balanço Geral

Após cinco anos do acidente, empresa que transportava os apresentadores da Globo foi condenada por ‘transporte clandestino de passageiros’

Por prática de transporte aéreo clandestino de passageiros, a  empresa aérea Mato Grosso do Sul Táxi-Aéreo Ltda, do acidente de Luciano Huck e Angélica em maio de 2015, foi cassada e multada em R$ 75 mil. A decisão foi tomada na terça-feira (15) pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). As informações são de reportagem do portal Uol.

A decisão não cabe mais recurso e a empresa está proibida de funcionar, de acordo com a Anac.

A MS Táxi-Aéreo também é investigada pela Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deco-MS) pelo acidente que causou a morte do piloto Marcos David Xavier em 2016, quando estava proibida de operar por conta de irregularidades cometidas no pouso de emergência com Huck e Angélica. 

Leia Também:  Guedes deve pagar R$ 50 mil de indenização a servidores; veja o caso

O crime organizado, pela qual a MS Táxi-Aréreo é investigada, incluiu os crimes de atentado à segurança de voo qualificado, lavagem de dinheiro, estelionato, fraude documental diversa, falsidade ideológica, sonegação fiscal e obstrução da Justiça.

Como o transporte da empresa era feito de forma clandestina, os outros crimes foram surgindo ao redor da infração central. 

“A fraude documental, a falsidade ideológica nos planos de voo, o famoso caixa dois – porque existe o enriquecimento ilícito, já que este tipo de transporte acabava sendo feito de forma clandestina, por isso criminosa… Todos os ganhos que eram oriundos deste transporte acabam tendo que ser dissimulados e tem a questão da lavagem de dinheiro. É um cenário bastante crítico”, disse Ana Cláudia Medina, delegada responsável pelo caso, ao portal Uol.

Em abril de 2017, o relatório final do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), do Comando da Aeronáutica, mostrou que no acidente de Huck e Angélica houve falha da tripulação e que o avião não poderia ter levantado voo por causa de dois equipamentos essenciais que não estavam funcionando. 

Leia Também:  Ipea: taxa de desocupação cresce porque pessoas estão buscando emprego

Além disso, o piloto e o copiloto não seguiram o procedimento padrão obrigatório para casos de pane. A tripulação levou 12 minutos para notificar o problema.

O avião tinha dois equipamentos essenciais sem funcionar: o gravador de dados de voz, que é uma das caixas-pretas, e um sistema que diminui automaticamente resistência do ar em uma das hélices quando ela para.

No acidente de Huck e Angélica, o pouso forçado do avião teve a ver também com a troca da posição dos sensores de combustível da asa esquerda. O do tanque interno estava instalado no externo, e vice-versa, o que o que fez com que o piloto achasse equivocadamente que havia combustível naquela asa. Procurada, a empresa MS Táxi-Aéreo não se posicionou ao portal Uol sobre o assunto.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Caixa encerra depósitos do FGTS nesta segunda; veja se receberá R$ 1.045

Publicados

em


source

Brasil Econômico

fila caixa fgts
Tomaz Silva/Agência Brasil

Caixa deposita última leva do FGTS emergencial nesta segunda-feira (21)

A Caixa Econômica Federal encerra nesta segunda-feira (21) os depósitos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) emergencial, com pagamentos de até um salário mínimo, R$ 1.045 , aos trabalhadores com contas vinculadas ao Fundo. O dinheiro pode sair de contas inativas – de empregos anteriores – e ativas – do atual emprego.

O saque do  FGTS emergencial  pretende ajudar os trabalhadores afetados pela pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2). Ao todo, o governo pretende injetar R$ 37,8 bilhões na economia, beneficiando cerca de 60 milhões de trabalhadores. O pagamento será feito por meio da conta poupança digital da Caixa, e o dinheiro pode ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem .

O valor do saque é de até R$ 1.045, um salário mínimo, considerando a soma dos valores de todas as contas ativas (emprego atual) ou inativas (empregos anteriores) com saldo no FGTS. Cada trabalhador tem direito a receber até um salário mínimo de todas as contas ativas e inativas do fundo.

Leia Também:  Caixa encerra depósitos do FGTS nesta segunda; veja se receberá R$ 1.045

Nesta fase, o dinheiro poderá ser movimentado apenas por meio do aplicativo Caixa Tem . A ferramenta permite o pagamento de boletos (água, luz, telefone), compras com  cartão de débito virtual em sites e compras com  QR code (versão avançada de código de barras) em maquininhas de cartão de lojas parceiras, com débito instantâneo do saldo da poupança digital.

Liberação para saque

O dinheiro só será liberado para saque ou transferência para outra conta bancária a partir de 14 de novembro para os trabalhadores nascidos em dezembro. O calendário de crédito na conta poupança digital e de saques foi estabelecido com base no mês de nascimento do trabalhador.

Até agora, a Caixa creditou o saque emergencial do FGTS para os trabalhadores nascidos de janeiro a novembro. Os beneficiários nascidos em dezembro são os últimos a receberem e só poderão sacar o dinheiro depositado nesta segunda (21) em 14 de novembro.

O pagamento está sendo realizado conforme calendário a seguir:

  • Nascidos em janeiro: crédito em 29 de junho, saque em 25 de julho;
  • Nascidos em fevereiro: crédito em 6 de julho, saque em 8 de agosto;
  • Nascidos em março: crédito em 13 de julho, saque em 22 de agosto;
  • Nascidos em abril: crédito em 20 de julho, saque em 5 de setembro;
  • Nascidos em maio: crédito em 27 de julho, saque em 19 de setembro;
  • Nascidos em junho: crédito em 3 agosto, saque em 3 de outubro;
  • Nascidos em julho: crédito em 10 de agosto, saque em 17 de outubro;
  • Nascidos em agosto: crédito em 24 de agosto, saque em 17 de outubro;
  • Nascidos em setembro: crédito em 31 de agosto, saque em 31 de outubro;
  • Nascidos em outubro: crédito em 8 de setembro, saque em 31 de outubro;
  • Nascidos em novembro: crédito em 14 de setembro, saque em 14 de novembro; e
  • Nascidos em dezembro: crédito em 21 de setembro, saque em 14 de novembro.
Leia Também:  Guedes deve pagar R$ 50 mil de indenização a servidores; veja o caso

Orientações

A Caixa orienta os trabalhadores a verificar o valor do saque e a data do crédito nos canais de atendimento eletrônico do banco: aplicativo FGTS, site  fgts.caixa.gov.br e telefone 111 (opção 2). Caso o trabalhador tenha direito ao saque emergencial, mas não teve a conta poupança digital aberta automaticamente, deverá acessar o aplicativo FGTS para complementar os dados e receber o dinheiro.

O banco alerta que não envia mensagens com pedido de senhas, dados ou informações pessoais. Também não envia links nem pede confirmação de dispositivo ou acesso à conta por e-mail, SMS ou WhatsApp.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA