Esporte

Abel Ferreira analisa atuação do Palmeiras após classificação para a fina da LibertadoresSIFICAÇÃO PARA FINAL DA LIBERTADORES

Publicados

em


Apesar de ser superado pelo River Plate-ARG por 2 a 0, nesta terça-feira (12), no Allianz Parque, o Palmeiras se classificou para a grande final da Conmebol Libertadores – o primeiro encontro entre as equipes, na Argentina, terminou 3 a 0 para o Verdão. Após a classificação, o técnico Abel Ferreira analisou o rendimento de seus comandados.

“Este jogo era muito mental. Se o Rony faz o gol na primeira bola, matávamos o nosso adversário definitivamente. Nós fizemos três gols lá (na Argentina), mas poderíamos ter feito quatro ou cinco, e aí teríamos matado a eliminatória. Tivemos de sofrer e conseguimos esta qualificação muito pelo jogo que fizemos na Argentina. No primeiro jogo, nós fomos muito superiores, e hoje o nosso adversário foi superior a nós. Hoje o que fez a diferença foi o fator psicológico”, declarou o treinador, valorizando o atual momento do clube na temporada.

“Quando você treina grandes clubes, você fica mais próximo de ganhar títulos. Quando eu aceitei o desafio de vir ao Palmeiras, sabia que o Palmeiras dava todas as condições de lutar por títulos. Nós estamos em duas finais e, no Campeonato Brasileiro, iremos grão a grão para encher o nosso bolso e, no fim, ver o que nos reserva. Eu não penso muito nisso, quero desfrutar agora as 24 horas, valorizar esta final que foi muito suada. Parabéns aos meus jogadores, são verdadeiros guerreiros com todas as dificuldades”, concluiu.

  Palmeiras vence Delfín por 3 a 1 e larga na frente por vaga nas quartas da Libertadores

Leia Também:  Avaí treina e viaja à Maceió para confronto com CSA

O próximo compromisso do Palmeiras será na sexta (15), às 21h30, contra o Grêmio, no Allianz Parque, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já na segunda (18), às 19h, o Verdão encara o Corinthians, novamente na arena palestrina, pelo Nacional.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Fora de casa, Grêmio empata em 1 a 1 com o Palmeiras

Publicados

em


O Grêmio entrou em campo na noite de sexta-feira, para enfrentar o Palmeiras, em partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Jogando no Allianz Parque, em São Paulo, e com a equipe um pouco modificada, o Tricolor empatou em 1 a 1 com os donos da casa.

Na etapa inicial, os adversários foram superiores, tanto que assinalaram o primeiro gol aos 32’, com Rafael Veiga. Mesmo atrás no marcador, o Grêmio tentou, voltando melhor no segundo tempo. Foi aos 42 minutos, que os gremistas deixaram tudo igual no Allianz Parque. Maicon trabalhou com Luiz Fernando na direita, que fez um cruzamento na cabeça de Diego Souza. O centroavante desviou para o fundo das redes, assinalando o gol gremista.

Com o resultado, o Grêmio  soma um ponto na rodada, chegando a 50 na competição.

Primeiro Tempo 

Os primeiros minutos foram de equilíbrio no Allianz Parque, apesar do Palmeiras logo ameaçar aos 35 segundos de jogo. No lance, Breno Lopes recebeu na meia direita e de dentro da área fez a  finalização. Vanderlei saiu bem e fez a defesa.

Os donos da casa iniciaram o jogo mantendo maior posse de bola e impondo seu ritmo na primeira etapa. Já o Tricolor ficou um pouco mais retraído, intensificando a sua marcação. Passados 10 minutos, os paulistas chegaram novamente com Marcos Rocha, que tabelou e cruzou da direita, rasteiro, para mais uma defesa do arqueiro gremista. Em seguida, ainda insistindo no ataque, da entrada da área, Rony chutou, mas Vanderlei defendeu novamente.

  Grêmio encerra treinos para confronto com a Católica

Leia Também:  Avaí treina e viaja à Maceió para confronto com CSA

Aos 22’, quase que o marcador foi aberto pelos adversários depois de uma jogada em que Breno Lopes cruzou na pequena área para Rony completar a gol, mas o atacante carimbou a trave. No minuto seguinte, foi a vez de Willian chutar de fora da área e acertar o mesmo poste.

A primeira finalização do Grêmio saiu aos 27 minutos, quando Pepê arriscou a meia-lua da grande área, mandando em direção a meta, mas Weverton fez a defesa. Em resposta, o Palmeiras chegou com perigo após um erro no meio-campo tricolor. Rafael Veiga se aproveitou e da intermediária, chutou forte – a bola saiu à direita da meta.

Tanto pressionou nesta etapa, que o Palmeiras conseguiu abrir a contagem. Willian fez um cruzamento da esquerda, Rony acabou furando em bola, mas Rafael Veiga apareceu mandando para o fundo das redes, com 32 minutos jogados.

Cinco minutos depois, Alisson recebeu na meia direita cortou pra perna esquerda e arrematou a gol, de fora da área. Weverton defendeu, mas cedeu escanteio. Na cobrança, a defesa paulista afastou.

Segundo Tempo 

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação para a etapa complementar.

Com dois minutos de jogo, o Grêmio teve uma chance em bola parada, da intermediária. Jean Pyerre cobrou, mas Weverton afastou. Outra oportunidade saiu dos pés de Pepê, aos 6’. O atacante arrematou de fora da área, mas o goleiro paulista defendeu novamente.

  Com dois gols de Galhardo, Internacional supera Bragantino e avança para vice-liderança

Leia Também:  No Independência, América empata com o Botafogo-SP

Já o Palmeiras chegou pela direita, com Breno Lopes, que foi quase a linha de fundo e cruzou, mas Vanderlei defendeu.

Com 14’, os gremistas chegaram pela esquerda. Diogo Barbosa fez um cruzamento, mas direto nas mãos do goleiro palmeirense.

Aos 19 minutos, os paulistas quase assinalaram o segundo gol. Depois de Rony impedir a saída de bola pela linha de fundo, colocando ela na área, Willian chegou e de voleio mandou a gol, obrigando uma grande defesa de Vanderlei.

O Grêmio tentou pela esquerda, com um cruzamento de Pepê buscando Diego Souza, mas a bola foi muito forte e acabou com a defesa adversária, aos 24’.

Passados 32 minutos, o Tricolor teve uma boa chance em cobrança de falta. Jean bateu, houve o desvio na barreira e a bola saiu com muito perigo, à esquerda da meta paulista. Cinco minutos depois, o Tricolor teve um escanteio. Pinares colocou no segundo poste, Diego Souza desviou, mas Weverton defendeu.

Foi aos 42 minutos, que os gremistas igualaram o marcador no Allianz Parque. Maicon trabalhou com Luiz Fernando na direita, que fez um cruzamento na cabeça de Diego Souza. O centroavante desviou para o fundo das redes, assinalando o gol gremista.

Ao final, Diego Souza cobrou uma ótima falta, para grande defesa do goleiro paullista, que impediu o gol da virada.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA