Saúde

A pedido de Dr. Thiago Peçanha, ex-prefeito de Itapemirim será homenageado em UTI do Hospital Santa Helena

Publicados

em

Dinowalde Rodrigues Peçanha Júnior

O pedido para a homenagem partiu do prefeito Dr. Thiago Peçanha e foi prontamente atendido pelo Conselho Gestor do HECI que administra o Santa Helena.  

Por Ilauro Oliveira | 12.02.2020

O ex-prefeito e líder político de Itapemirim Dinowalde Rodrigues Peçanha Júnior (Juninho), brutalmente assassinado em 14 de maio de 1999, será homenageado na inauguração da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Santa Helena (Litoral Sul). Uma das alas levará o seu nome.

O pedido para a homenagem partiu do prefeito Dr. Thiago Peçanha e foi prontamente atendido pelo Conselho Gestor do Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim (HECI) que administra o Santa Helena.  

O prefeito disse que o ex-prefeito Juninho é inesquecível e continua vivo porque lutava pela nova política e pelo respeito ao povo de Itapemirim.

“Hoje recebi a ligação do Hospital Evangélico para comunicar que a nosso pedido a UTI que será inaugurada no Hospital Litoral Sul (Santa Helena) receberá o nome de Dinowalde Rodrigues Peçanha Júnior (Juninho )! Sem dúvida um nome inesquecível para Itapemirim e vivo no nosso coração ! A sua luta por uma nova política , por um Itapemirim livre continua ! Não deixaremos que seus sonhos sejam apagados! Afinal como você mesmo dizia “Itapemirim merece Respeito”.

Leia Também:  Prefeitura do Rio libera uso de máscaras em lugares abertos

O prefeito Dr. Thiago pretende concretizar essa homenagem com uma grande caminhada para inauguração da UTI. “Vamos chamar a nossa população para esta grande homenagem. Uma caminhada rumo ao hospital com todo o povo de Itapemirim”.

Embora esteja pronta e equipada, a inauguração da Unidade de Tratamento Intensivo do Santa Helena ainda não tem data marcada. O local aguarda credenciamento por parte da Secretaria de Estado da Saúde. Tão logo aconteça, passa a funcionar imediatamente. Inclusive a Equipe de Profissionais já está preparada.

A UTI terá duas alas, uma com o nome Dinowalde Rodrigues Peçanha Júnior e outra com o nome Dona Penha Ayub.

 

 

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Tendência de morte por câncer de mama aumenta entre mulheres negras

Publicados

em


Pesquisa realizada pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) mostrou uma tendência de aumento na taxa de mortalidade por câncer de mama entre mulheres negras, enquanto entre as mulheres brancas a tendência foi de redução, considerando a população do estado de São Paulo, no período de 2000 a 2017.

O estudo Disparidades raciais na mortalidade por câncer de mama de 2000 a 2017 em São Paulo, Brasil, realizado por pesquisadores do Caism – Hospital da Mulher José Aristodemo Pinotti, foi publicado pela revista BMC Cancer.

Segundo dados apresentados no estudo, houve 60.940 mortes registradas por câncer de mama no estado no período, 46.365 em brancas e 10.588 em mulheres negras, conforme apontam os pesquisadores. As taxas de mortalidade para 100 mil mulheres em 2017 foram de 16,5 nas brancas e 9,6 nas negras. Em 2000, as taxas foram de 17,1 e 7,4, respectivamente.

De acordo com os pesquisadores, a redução da mortalidade por câncer de mama é o resultado de melhor acesso ao diagnóstico precoce e ao tratamento oportuno, citando ainda a evolução terapêutica, o desenvolvimento de novos fármacos e terapias específicas como fatores de impacto nesses resultados.

Leia Também:  Fiocruz: IFA nacional passará por 14 testes nos Estados Unidos

A conclusão do artigo relata que as divergências observadas entre mulheres brancas e negras podem indicar desigualdade no acesso a cuidados de saúde de alta complexidade nesta área.

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA