Tecnologia

8 ferramentas para gerenciar suas redes sociais

Publicados

em


source
8 ferramentas para gerenciar suas redes sociais
Amanda Machado

8 ferramentas para gerenciar suas redes sociais

As redes sociais se tornaram canais fundamentais para a divulgação e comunicação com os clientes. No entanto, com tantos canais disponíveis hoje – e em cada um deles, diversos recursos – fica complicado para uma empresa acompanhar tudo. É por isso que existem plataformas exclusivas de gerenciamento de redes sociais, sejam para programar publicações, criar conteúdos, acompanhar tendências ou monitorar métricas. Veja abaixo 8 ferramentas que vão te ajudar a gerenciar suas redes sociais .

Criação e agendamento de conteúdos

1. Facebook Business Suite

imagem divulgação da ferramenta business suite para gerenciar redes sociais
Lançado em 2020, o Business Suite facilita a gestão de perfis comerciais no Facebook e no Instagram. (Imagem: Reprodução / Facebook Business Suite)

O Facebook Business Suite surgiu em 2020, mas já ganhou boas melhorias de lá para cá.

O objetivo da plataforma é facilitar a gestão dos perfis comerciais no Facebook e no Instagram. É uma forma mais rápida das empresas se manterem atualizadas sobre os seus negócios e criar uma comunicação com os clientes.

Entre as suas funcionalidades estão:

  • visão geral das atividades;
  • agendamento de postagens;
  • acompanhamento e análise de dados;
  • criação de anúncios;
  • acesso rápido a demais recursos como Gerenciador de Anúncios, configurações gerais do Negócio, Biblioteca de Mídia, entre outros.

Vale destacar aqui que todos os recursos do Business Suite são gratuitos.

2. mLabs

imagem divulgação mlabs
A mLabs permite o agendamento e a criação de designs do zero. (Imagem: Reprodução / mLabs)

Além de permitir o agendamento de publicações nesses canais, para datas e horários específicos, com a possibilidade de inserir legenda, hashtags e links, a ferramenta também conta com a mLabs Studio e o Canva integrado, para a criação de novos designs.

A mLabs também possui calendário para acompanhar publicações agendadas e já publicadas, recurso para a definição de lembretes, geração de relatórios para acompanhamento das redes sociais e workflow com integração de toda a equipe.

Com teste grátis, os planos da ferramenta variam de acordo com a quantidade de contas atendidas e o nível (básico e profissional).

3. Etus

imagem divulgação etus
A Etus tem o recurso de mídia paga para Facebook e Instagram. (Imagem: Reprodução / Etus)

Assim como a mLabs, a Etus também oferece agendamento de publicações nas seguintes redes sociais: Instagram, Facebook, LinkedIn, YouTube, Twitter, Tumblr, Pinterest e Google My Business.

Mas além desse serviço, que é carro-chefe da empresa, a Etus também conta com os seguintes recursos:

  • mídia paga em publicações no Facebook e Instagram;
  • relatórios personalizados;
  • SAC centralizado, onde é possível responder todas as mensagens em uma única caixa de entrada;
  • gestão de projetos (workflow) para integração da equipe;
  • captação de leads com integração para disparador de e-mails;
  • calendário de datas sazonais;
  • marca d’água automática;
  • banco de imagens.
Leia Também:  Activision Blizzard faz "limpa" de funcionários após casos de assédio

A Etus possui planos mensal, semestral e anual, e os valores variam de acordo com a quantidade de contas.

4. Canva

imagem divulgação canva
O Canva vai além do design e conta com o recurso Planejador de Conteúdo. (Imagem: Reprodução / Canva)

A ferramenta Canva já é bastante conhecida pelas suas possibilidades de criação de design, com templates variados, gratuitos e pagos, recursos de edição de imagens e vídeos, e exportação para diversos formatos.

Mas além disso, o Canva também tem o chamado Kit de Marca , espaço onde é possível deixar salvo o logotipo, as cores e as fontes usadas por cada cliente, uma forma de economizar tempo; e o Planejador de Conteúdo , espaço para organizar e agendar publicações nas redes sociais.

Importante destacar que esses dois recursos não estão inclusos no plano gratuito do Canva que também traz limitações em templates. Mas a ferramenta disponibiliza o plano Pro e Enterprise , com teste gratuito, **que libera todas as funções.

Leia Também

Leia Também

5. Postgrain

imagem divulgação interface postgrain para gerenciar redes sociais
Um recurso interessante do Postgrain é a função de repostagem de publicações. (Imagem: Reprodução / Postgrain)

Como o próprio nome já aponta, o Postgrain é totalmente focado no Instagram. Ou seja, a ferramenta permite o agendamento de publicações, stories e IGTVs com antecedência, facilitando também a navegação por todas as contas agenciadas, em um único espaço.

Outros recursos interessantes da plataforma são:

  • gerenciamento de interações (chats e respostas);
  • integração de catálogo de produtos com as publicações na rede social;
  • relatórios dos perfis;
  • suporte para dúvidas e necessidades;
  • função de repostagem;
  • gerenciamento de times.

Os preços do Postgrain variam de acordo com a quantidade de contas gerenciadas, mas a plataforma oferece teste gratuito.

Monitoramento

6. BuzzSumo

imagem divulgação interface buzzsumo
A ferramenta ajuda a monitorar a reputação de uma marca, bem como identificar tendências e gostos do público. (Imagem: Reprodução / BuzzSumo)

O BuzzSumo é focado em monitoramento de desempenho e geração de novos insights para a criação de conteúdos. O que isso quer dizer?

Quer dizer que a ferramenta, a partir da coleta de artigos e de engajamentos sociais, simplifica as informações para que fique mais fácil identificar as tendências, reconhecer o que o público gosta e monitorar a reputação de uma marca, facilitando, com isso, a criação de conteúdo e a atração de pessoas.

Leia Também:  iPhone 13 Pro de 512 GB tem 35% de desconto com dinheiro de volta

Além disso, a ferramenta tem um recurso dedicado a influenciadores, em que ajuda marcas a identificarem as personalidades ideais para campanhas.

Com plano gratuito, limitado, o BuzzSumo também conta com outros planos pagos que liberam outros recursos: Pró, Mais e Grande.

Dados e relatórios

7. Quintly

imagem divulgação relatórios quintly
Focada em análises, a Quintly tem API para integrações. (Imagem: Reprodução / Quintly)

A Quintly é uma ferramenta paga (com teste gratuito) focada em análise de dados de mídias sociais com API para integrações. Ou seja, nela é possível acompanhar o desempenho de um perfil e colher insights sobre concorrentes, clientes e também influenciadores para as estratégias de marketing digital.

São mais de 500 métricas disponíveis pela ferramenta em painéis totalmente personalizáveis para que você consiga analisar os dados que são relevantes para cada rede, seguindo a necessidade de cada cliente.

Além dos dados e painéis de análises, a Quintly também conta com relatórios personalizados que podem ser criados e automatizados, com controle de acessos a informações privadas.

8. Reportei

imagem divulgação relatórios reportei
A Reportei oferece análise de dados de redes sociais e ferramentas de marketing digital. (Imagem: Reprodução / Reportei)

A Reportei é mais uma ferramenta dedicada à análise de dados, relatórios e dashboards de redes sociais e marketing digital, como: Instagram, Facebook, Youtube, Linkedin, Google e outras plataformas de disparo de e-mails.

Nela é possível definir as métricas ideais para cada cliente e criar templates específicos para cada conta, com total controle e personalização. Os relatórios também podem ser automatizados para serem enviados por e-mail nos períodos definidos.

Outros dois recursos interessantes da plataforma são: a possibilidade de análises em texto, vídeo e imagem; e a chamada linha do tempo, com relatórios em formato de história com datas de cada projeto.

Os planos da Reportei variam de básico, intermediário, avançado ou personalizado, este último para mais de 15 contas.

E aí, já utiliza alguma dessas ferramentas ou tem alguma para indicar? Conta aqui nos comentários!

8 ferramentas para gerenciar suas redes sociais

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

Claro, TIM, Vivo e Oi compartilham dados de forma ilícita, diz MPBA

Publicados

em


source
Claro, TIM, Vivo e Oi compartilham dados de clientes de forma ilícita, diz MPBA
Pedro Knoth

Claro, TIM, Vivo e Oi compartilham dados de clientes de forma ilícita, diz MPBA

O Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA) ajuizou ações civis públicas contra Claro, Oi, TIM e Vivo por compartilhamento ilícito de dados de clientes. A partir desse “vazamento”, usuários começaram a receber ligações indesejadas e foram alvo de fraudes. De acordo com uma liminar na Justiça, as operadoras devem cancelar ligações indesejadas, especialmente se não houver interesse em contratar os serviços.

Ministério Público comprovou “vazamento”

A promotora Joseane Suzart, do MPBA, destaca que a investigação da Promotoria de Justiça comprovou o “vazamento de dados” da base da Claro, da Vivo, da TIM e da Oi. Na ação civil protocolada na Justiça, Suzart entrou com uma liminar para que as operadoras mantenham “as regras basilares” para o tratamento de dados segundo a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

Claro, Oi, TIM e Vivo devem seguir o princípio de autorização do usuário para o compartilhamento de dados. A liminar obriga as operadoras a obterem o consentimento dos clientes antes de continuar com o tratamento de suas informações pessoais, a não ser em exceções previstas na LGPD.

As companhias só devem prosseguir com essa atividade caso os titulares concordem com o tratamento por meio de manifestação “livre, informada e inequívoca”. Outra exigência do Ministério Público feita às operadoras via liminar inclui a adoção de mais cuidados para que dados dos clientes não sejam compartilhados

Leia Também

A partir da ordem do MPBA, as quatro empresas devem se abster de trocar dados pessoais de titulares com terceiros, e cancelar ligações reiteradas feitas a clientes ou não contratantes de seu serviço, principalmente àqueles que já informaram não ter interesse em adquirir um serviço de Claro, Vivo, Oi e TIM.

Lucas Braga, autor do Tecnoblog,  fez uma matéria na qual afirmou receber constantemente ligações indesejadas de telemarketing da Oi Fibra. O jornalista já tem seu número cadastrado na plataforma e mesmo assim continua recebendo ofertas de serviços; a operadora tem diversas reclamações parecidas no site Reclame Aqui .

Anatel: Oi, Vivo, TIM e Claro não vêm seguindo LGPD

Durante as investigações do MPBA, a Anatel (Agência Nacional das Telecomunicações) confirmou às autoridades que as quatro operadoras não vêm agindo de acordo com a LGPD.

Leia Também:  WhatsApp ganha suporte via chat dentro do próprio aplicativo

A agência também reconheceu que o compartilhamento ilícito de dados levou a “diversos danos” sofridos pelos clientes. A promotora Joseane Suzart, diante da conduta de Claro, TIM, Oi e Vivo, disse:

“Diante desta conduta ilícita, insistentes contatos telefônicos estão sendo gerados abusivamente, causando sérios prejuízos para os consumidores que ainda enfrentam as tentativas de fraudes encetadas”.

Em nota ao Tecnoblog, a Conexis Brasil Digital, que representa as quatro operadoras acionadas pelo Ministério Público, defendeu as empresas e alegou que Oi, TIM, Vivo e Claro possuem altos padrões de segurança e privacidade, monitorando seus sistemas para atender aos requisitos técnicos e legais no tratamento de dados.

A Conexis lidera o “Não Me Perturbe”, programa que bloqueia ligações de telemarketing e de bancos. Até o final de 2021, quase 10 milhões de pessoas haviam se cadastrado na plataforma, e as operadoras comemoraram o resultado. A Anatel, entretanto, diz que a iniciativa é insuficiente, e procura alternativas para substituí-la.

Claro, TIM, Vivo e Oi compartilham dados de clientes de forma ilícita, diz MPBA

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA