Mulher

6 receitas de nhoque para aquecer os dias frios

Publicados

em


source

Alto Astral

6 receitas de nhoque para aquecer os dias frios
Reprodução: Alto Astral

6 receitas de nhoque para aquecer os dias frios

Após se empanturrar com sopas e caldos nessa friaca de inverno, que tal dar uma inovada no cardápio e apostar em outros pratos quentes? As massas, que são práticas e extremamente deliciosas, podem te dar uma ajudinha na hora de preparar as refeições! O nhoque, por exemplo, pode ser uma opção, já que, além de saboroso e quentinho, é uma das refeições caseiras mais queridas pela família brasileiro.

Sendo assim, aposte em um clássico da cozinha italiana e faça releituras especiais dele com ingredientes selecionados para você. Experimente 6 receitas de nhoque diferentes para agradar todos os parentes com muito sabor:

Nhoque com molho funghi

Crédito: Guia da Cozinha

Tempo: 1h (+30min de molho) Rendimento: 8 porções Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 1kg de batata asterix picada
  • 2 gemas
  • 4 xícaras (chá) de farinha de trigo (aproximadamente)
  • Queijo parmesão ralado e salsa picada para polvilhar

Molho

  • 1 xícara (chá) de funghi secchi desidratado
  • 3 xícaras (chá) de água fervente
  • 3 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 cebola picada
  • 3 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • 3 xícaras (chá) de leite
  • 1 e 1/2 xícara (chá) de frango cozido e desfiado
  • 1 caixa de creme de leite (200g)
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Cozinhe as batatas no vapor até amaciar e esprema ainda quentes. Deixe esfriar e junte as gemas. Pegue pequenas porções de batata com gema e adicione a farinha até dar ponto de enrolar. Se necessário, adicione mais farinha. Modele rolinhos e corte os nhoques. Cozinhe em água fervente até que os nhoques subam à superfície. Retire com uma escumadeira e coloque em um refratário médio. Reserve. Para o molho, coloque o funghi em uma tigela e cubra com água quente. Deixe de molho por 30 minutos, escorra e pique.

Em uma panela, derreta a manteiga, em fogo médio, refogue a cebola e o funghi por 4 minutos. Polvilhe a farinha e frite por mais 2 minutos. Junte o leite e cozinhe, mexendo até engrossar. Adicione o frango, o creme de leite, sal e pimenta. Espalhe sobre os nhoques, polvilhe com queijo parmesão e salsa, e sirva.

Nhoque de espinafre recheado com ricota

Crédito: Guia da Cozinha

Tempo: 2h Rendimento: 5 porções Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 6 batatas descascadas
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 1/2 xícara (chá) de espinafre cozido e picado
  • 1 ovo
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo (aproximadamente)
  • 1/2 xícara (chá) de ricota amassada
  • 1/3 de xícara (chá) de requeijão cremoso
  • Queijo parmesão ralado para polvilhar

Molho

  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1/2 cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 5 tomates sem pele e sem sementes picados
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Em uma panela, em fogo médio, cozinhe as batatas em água fervente com sal por 20 minutos ou até ficarem macias. Escorra e passe ainda quente pelo espremedor. Bata no liquidificador o espinafre, o ovo e o azeite até ficar homogêneo. Despeje na batata amassada, acrescente sal, pimenta e misture. Adicione a farinha, aos poucos, amassando até desgrudar das mãos. Se necessário, acrescente mais farinha.

Leia Também:  Angélica relembra polêmica com brinquedo erótico: 'Ouvi comentários machistas'

Em uma tigela, misture a ricota, o requeijão, sal e pimenta. Abra pequenas porções de massa com as mãos, distribua o recheio e feche, modelando bolinhas. Reserve. Aqueça uma panela com o azeite, em fogo médio, frite a cebola e o alho até dourar. Acrescente o tomate e cozinhe por cerca de 10 minutos, mexendo de vez em quando. Tempere com sal e pimenta. Cozinhe os nhoques em água fervente com sal, aos poucos, até subirem à superfície. Retire com uma escumadeira e coloque em um refratário.

Regue com o molho, polvilhe com parmesão e sirva.

Nhoque de mandioquinha recheado com provolone

Crédito: Guia da Cozinha

Tempo: 1h20 Rendimento: 6 porções Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 600g de mandioquinha descascada
  • 300g de batata descascada
  • Sal a gosto
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 2 ovos
  • 5 colheres (sopa) de maisena
  • Margarina para untar
  • 2 e 1/2 xícaras (chá) de queijo provolone em cubos para rechear
  • Queijo parmesão ralado para polvilhar

Molho

  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 1 cebola picada
  • 2 latas de molho de tomate (340g cada)

Modo de preparo

Para o molho, aqueça uma panela com o óleo, em fogo médio, e frite a cebola até murchar. Adicione o molho de tomate e cozinhe por 10 minutos, mexendo de vez em quando. Desligue e reserve. Cozinhe a mandioquinha e a batata em água com sal até que fiquem macias. Escorra e passe pelo espremedor ainda quentes.

Em uma panela grande, em fogo médio, derreta a manteiga, adicione a mandioquinha, a batata espremidas, os ovos e misture até incorporar. Acrescente a maisena e mexa até desgrudar do fundo da panela. Coloque em uma superfície untada e deixe esfriar. Retire pequenas porções da massa na mão, abra, recheie com os cubos de provolone e feche em formato de bolinhas.

Você viu?

Cozinhe os nhoques, aos poucos, em uma panela com bastante água fervente e sal. Quando subirem à superfície, retire-os com uma escumadeira e escorra. Coloque em um refratário grande untado, cubra com o molho reservado, polvilhe com parmesão e leve ao forno médio, preaquecido, por 10 minutos. Sirva em seguida.

Nhoque à bolonhesa

Crédito: Guia da Cozinha

Tempo: 50min Rendimento: 6 Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 2kg de batata descascada em cubos
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 1 colher (sopa) de sal grosso
  • 2 folhas de louros
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 2 colheres (sopa) de creme de leite
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 cebola picada
  • 3 dentes de alho picado
  • 1kg de carne moída
  • 10 tomates
  • 1 caixa de molho de tomate pronto (520g)
  • 2 ovos
  • 1 e 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
  • Sal a gosto
  • 1 xícara (chá) de manjericão fresco
  • 3 xícaras (chá) de queijo mussarela ralado

Modo de preparo

Em uma panela em fogo médio, coloque as batatas com o leite, o sal grosso, o louro e cubra com água. Cozinhe até ficar macia. Escorra e esprema as batatas. Misture com a manteiga e o creme de leite. Espere esfriar. Enquanto isso, para o molho, em uma panela em fogo médio, aqueça o azeite e refogue a cebola até ficar macia. Adicione o alho e frite a carne até dourar.

Bata o tomate no liquidificar e despeje na panela junto com o molho de tomate. Acerte o tempero com sal e pimenta e espere ferver. Misture no purê de batata, o ovo e a farinha até formar uma massa lisa se necessário acrescente mais farinha.

Leia Também:  6 dicas para o seu cão e gato terem uma boa relação!

Faça rolinhos com porções da massa e corte formando quadrados pequenos de 2 cm. Cozinhe o nhoque em água fervente com sal e retire com uma escumadeira quando subir a superfície. Em uma travessa refratária, forre o fundo com nhoque e cubra com uma porção de molho e algumas folhas de manjericão.

Espalhe a mussarela ralada e repita a operação mais 2 vezes finalizando com mussarela e folhas de manjericão. Leve ao forno médio, preaquecido, por 15 minutos. Sirva em seguida.

Nhoque recheado ao molho rosé

Crédito: Guia da Cozinha

Tempo: 2h Rendimento: 4 Dificuldade: médio

Ingredientes

  • 1kg de batatas cozidas e espremidas
  • 1 ovo
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • Sal a gosto
  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo
  • Folhas de manjericão para decorar

Molho rosé

  • 1 dente de alho picado
  • 1/2 cebola pequena picada
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 200g de molho de tomates
  • 1 colher (chá) de açúcar
  • Sal a gosto
  • 1/2 lata de creme de leite sem soro
  • 1 colher (sopa) de queijo parmesão ralado
  • 300g de queijo prato em cubos

Modo de preparo

Para o molho, em uma panela, em fogo alto refogue o alho e a cebola no azeite. Adicione o molho, o açúcar e sal e deixe ferver. Junte o creme de leite e o parmesão, misture e retire do fogo. Em uma tigela misture a batata com o ovo, a manteiga e o sal. Acrescente a farinha e amasse com as mãos. Abra porções de massa do tamanho de uma noz, nas mãos, recheie com um cubo do queijo prato e feche bem.

Em uma panela grande ferva 3 litros de água com 1 colher (sopa) de sal. Com uma escumadeira coloque 6 nhoques na água e deixe ferver até que subam. Retire-os com a escumadeira e passe-os para um refratário. Depois de todos cozidos cubra com o molho e leve ao forno médio preaquecido, por 20 minutos. Decore com o manjericão e sirva em seguida.

Nhoque de banana com sálvia

Crédito: Guia da Cozinha

Tempo: 50min Rendimento: 4 porções Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 2 bananas-da-terra
  • 1/3 de xícara (chá) de queijo parmesão ralado
  • 1 colher (sobremesa) de manteiga amolecida
  • 1/2 colher (café) de sal
  • 1/4 de xícara (chá) de farinha de trigo (aproximadamente)
  • Queijo parmesão ralado para polvilhar

Molho

  • 1/2 xícara (chá) de manteiga
  • 2 ramos de folhas de sálvia frescas picadas
  • Sal a gosto

Modo de preparo

Para o nhoque, coloque as bananas em uma forma e leve ao forno médio, preaquecido, por 30 minutos. Retire as cascas, amasse com um garfo, coloque em uma vasilha e acrescente o restante dos ingredientes do nhoque.

Misture até ficar homogêneo. Se necessário, acrescente mais farinha. Modele rolinhos e corte os nhoques. Cozinhe em água fervente até subirem à superfície. Retire com uma escumadeira e coloque em um refratário. Reserve. Em uma panela, em fogo médio, derreta a manteiga, coloque a sálvia, sal e acrescente os nhoques.

Receitas: Guia da Cozinha

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mulher

6 dicas para o seu cão e gato terem uma boa relação!

Publicados

em


source
6 dicas para o seu cão e gato terem uma boa relação!
Reprodução: Alto Astral

6 dicas para o seu cão e gato terem uma boa relação!

Nem sempre é fácil escolher entre cachorros e gatos, assim há quem opte por ter os dois e criá-los juntos. No entanto, a rivalidade entre as espécies é histórica, servindo até mesmo de pano de fundo para filmes, como o longa infantil ‘Como Cães e Gatos’, de 2001.

Dessa forma, muitos pais de pets sentem certo receio na hora de introduzir um gatinho em um ambiente já dominado por um cão, e vice-versa. Afinal, tal mudança é carregada por diversas dúvidas, muito embasadas nas diferenças entre as espécies, como: será que eles podem realmente conviver juntos? Será que o processo é trabalhoso? Será que teremos muitas brigas em casa?

Assim, para entender melhor sobre o assunto e ajudar você que está passando (ou pretende passar) por essa mudança, o Alto Astral conversou com a veterinária especialista em Bem-Estar Animal Rosangela Ribeiro Gebara.

Para ela, as duas espécies podem viver juntas, sim! Além de estabelecerem laços afetivos, cães e gatos podem brincar, dormir e comer juntos.

Contudo, assim como os seres humanos, alguns cachorros e gatos, quando juntos, apenas se toleram, já que levam estilos de vida distintos e, por isso, seguem algumas regras. “Os gatos circulam no habitat gostam de dominar o ambiente, e os cães, quando invadem essa intimidade, podem irritar o gato”, explica Rosangela, que também é membro da Comissão Técnica de Bem-Estar Animal do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo

Leia Também:  Carma e missão de vida: saiba quais são os do seu signo

Assim, para aqueles donos de cachorros e gatos que estão com dificuldade em se adaptarem facilmente, listamos 6 dicas que podem ajudar seu cão e gato viverem em harmonia . Confira abaixo:

Leia Também

  • Apresente eles pouco a pouco, não force a amizade! Uma boa opção é começar a interação através de uma porta de vidro, por exemplo, ou seja, uma barreira que possibilite com que eles se enxerguem e se sintam acolhidos pelo tutor;
  • Sirva alimentos apetitosos aos dois, todos os dias quando eles estiverem lado a lado;
  • Se não tiver um portãozinho, mantenha o cachorro na coleira e o gato do outro lado da sala;
  • Deixe-os cheirar um ao outro com calma, falando palavras doces e num tom ameno. Sentir o cheiro um do outro é muito importante na apresentação de cães e gatos;
  • Sempre que estiverem juntos, faça muito carinho em ambos e ofereça guloseimas para ambos – eles devem associar o carinho e guloseima ao fato de estarem um com o outro;
  • Observe bem os dois animais em busca de sinais de alerta. A linguagem corporal deles diz muito também. Sinais como pelo eriçado, rosnar, latir e arranhar, dizem que é hora da distração e separação, antes que haja estresse ou brigas.

Vale ressaltar que se o seu cão ou gato for muito bravo, estressado ou até mesmo se tiver algum histórico de ataque a outros animais, vale procurar a ajuda de um profissional em comportamento animal ou adestrador experiente com esse tipo de socialização.

Leia Também:  Laura Keller conta que maternidade mudou sua relação com o corpo

Todavia, a veterinária comenta que, apesar do processo não ser necessariamente fácil, vale o esforço. “São raríssimos os casos em que os animais não se acostumam de jeito nenhum, vale a pena tentar sempre com segurança. Muitas vezes os cães e gatos desenvolvem uma amizade verdadeira e fazem companhia um ao outro”, observa.

Por fim, Rosangela destaca ainda que mesmo no caso daqueles que se dão bem e conseguem ser amigos, são necessários alguns cuidados, como lembrar de deixar a comida do gato em um local alto para que somente ele tenha acesso e o cão não coma toda a ração dele, ou vice-versa, isolando a comida do cachorro. Isso porque as rações têm finalidades e índices calóricos diferentes para ambas as espécies.

Além disso, mantenha a vacinação dos seus bichinhos em dia e consulte sempre um médico veterinário.

Fonte: Rosangela Ribeiro Gebara, membro da Comissão Técnica de Bem-Estar Animal do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP), é graduada em Medicina Veterinária e mestre Ciências de Animais pela Universidade de São Paulo e especialista em Bem-Estar Animal (Cambridge e-Learning Institute) e Bioética (USP). Gerencia programas da World Animal Protection com foco em animais de companhia e em situações de desastres.

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA