Segurança

14ª Companhia Independente realiza Operação Teseu em bairros da Serra

Publicados

em


Na noite desta sexta-feira (22), a 14ª Companhia Independente realizou uma grande operação em bairros da Serra. Batizada de “Operação Teseu”, a força tarefa contou com apoio de militares de unidades especializadas, como o Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) e o Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA).

A Operação, que se iniciou às 17h e terminou às 23h, contemplou vários bairros da 14ª Cia Ind, com abordagens, orientações e prevenção geral de delitos.

Paralelo a isso, outra parte do efetivo incursionava em áreas mais suscetíveis à criminalidade, ocasião em que, a partir de diligências do serviço de inteligência da 14ª Cia Ind, a Força Tática prendeu um perigoso traficante contra o qual havia mandado de prisão em aberto. Nas diligências complementares, foram encontrados inicialmente quatro pinos de cocaína. Em seguida os policiais encontram mais ilícitos, totalizando 34 pinos de cocaína material para embalo.

Em outra ocorrência, a Força Tática apreendeu no bairro Feu Rosa 85 buchas de maconha e 14 pinos de cocaína. A mesma equipe, no bairro São João, região de Nova Almeida, recolheu ainda uma bucha de maconha e apreendeu um adolescente.

Leia Também:  Em Guriri, PM prende dois homens com grande quantidade de droga e arma de fogo

Por fim, todos os ilícitos, o adolescente apreendido e o traficante preso, foram encaminhados à 3ª Delegacia regional da Serra. 

Informações à Imprensa:

Diretoria de Comunicação Social PMES:
CORONEL JOSÉ AUGUSTO PICCOLI DE ALMEIDA
Tels. (27) 3636-8717 / 3636-8718
E-mail: [email protected]

Subseção de Jornalismo PMES:
Tel. (27) 3636-8715
E-mail: [email protected]

Fonte: PM ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

DP de Montanha prende suspeito de furtar gado e invadir área de empresa de celulose

Publicados

em


A equipe da Delegacia de Polícia (DP) de Montanha, com apoio da Polícia Militar, prendeu um homem de 46 anos considerado extremamente perigoso e alvo de diversos inquéritos que investigam furtos de gado, de madeira e estelionato na região noroeste do Estado. A prisão ocorreu nesta sexta-feira (26), no município de Montanha.

O detido, que se autointitula ‘pastor’, é investigado por envolvimento em furtos de cabeças de gado pertencentes a fazendeiros do município. Em uma das ações, ocorrida no dia 17 de janeiro, 109 animais foram furtados de uma propriedade, com o uso de três carretas para transportar o gado. O prejuízo estimado é de R$ 800 mil.

Este inquérito gerou a expedição de um mandado de prisão, que foi cumprido na operação realizada, nesta sexta-feira (26), em conjunto com a Polícia Militar. Ele foi encontrado na localidade de Córrego 18, em Montanha, e conduzido, em seguida para a DP do município. Após prestar depoimento, foi encaminhado ao sistema prisional, onde se encontra à disposição da Justiça.

“Este homem é considerado de alta periculosidade, pela quantidade de inquéritos que apontam para ele como suspeito. Nos nossos levantamentos, temos informações de que ele andava armado, ameaçava pessoas e trazia diversos prejuízos para a ordem pública e o bemestar dos cidadãos de Montanha. Esta é uma prisão muito importante para o município”, afirmou o titular da DP de Montanha, delegado Leonardo Ávila.

O delegado explicou que o detido também figura em outros inquéritos que tramitam na Delegacia. Ele é considerado um dos líderes de uma ocupação irregular instalada na área de uma empresa de celulose. Segundo as investigações, ele pode estar envolvido em ações como queimadas e furto de madeira.

“As plantações de Eucalipto pertencem à empresa de celulose. Em Montanha, registramos ações de grupos criminosos que colocam fogo em parte dessas plantações, furtam a madeira e vendem para carvoarias e outros tipos de negócios locais. Nossos levantamentos apontam que este indivíduo pode estar envolvido nesses crimes também”, informou Ávila.

Há indícios de que o investigado também utiliza as áreas invadidas para pastoreio, levando para o local, gado furtado. Em um dos inquéritos que tramitam na DP de Montanha, este mesmo indivíduo é investigado por alugar uma área invadida para terceiros, se apresentando como proprietário do terreno, o que configura crime de estelionato.

Os inquéritos continuam em andamento, para identificar outros envolvidos nas diversas ações criminosas investigadas pela DP de Montanha.  

Texto: Camila Ferreira 

 

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
[email protected]
 
Atendimento à Imprensa:
Olga Samara/ Camila Ferreira
(27) 3636-1536/ (27) 99846-1111/ (27) 3636-9928 / (27) 99297-8693
[email protected]

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  DP de Montanha prende suspeito de furtar gado e invadir área de empresa de celulose
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA